Life Travel

Crónica de um emigrante: A chegada

Lembro-me de ser mais novo e fazermos durante o jantar, piadas do género “um dia ainda vamos sair de Portugal”. Obviamente que não fazíamos a menor ideia do que o futuro nos esperava, ninguém faz. Agora a “piada” tornou-se realidade. Dia 1 de Julho de 2017 foi o dia em que fui viver para o Luxemburgo. A minha ansiedade subiu drasticamente, como seria de esperar.

A ideia de ir viver para outro país, outra cultura completamente diferente daquilo que estava habituado, e falar uma língua que nunca aprendi assustava-me. No Luxemburgo não existe uma língua “oficial”. Ora fala-se francês ou alemão (dependendo da zona onde se estiver), ou então o Luxemburguês que é um dialeto alemão com algum vocabulário francês, (semelhante ao mirandés). A maior parte da população do Luxemburgo fala no mínimo três línguas: o francês, o alemão e o inglês. Tirando esse obstáculo que é a língua, o país é lindo, a arquitectura, os jardins, as condições, o salário, etc. Tem todas as condições necessárias para ter uma boa vida. As pessoas são muito acolhedoras e bastante prestáveis, ajudando sempre os recém chegados ao país. Felizmente encontra-se sempre um português em qualquer lado. Por isso é muito comum ouvir-mos falar português na rua, o que durante breves instantes nos dá a sensação que ainda estamos em Portugal. Afinal de contas há um tuga em cada canto do mundo 😉

Espero que tenham gostado deste post, sei que não publico há algum tempo. Como ainda não tenho internet em casa, torna-se difícil arranjar WiFi (obrigado eduroam), mas prometo que irei publicar com mais frequência. Até lá lembrem-se

2 Comentários

  1. Espero que esta nova etapa da tua vida corra bem! Ao princípio custa muito, falo por experiência 9 anos fora de Portugal. Depois entramos na cultura, na língua e conseguimos adaptar-nos bem! É muito bom viver e conhecer outras realidades. É uma boa bagagem que levamos para a vida!

    1. Obrigado pelo comentário! 🙂 Sim, no início custa pois é uma cultura/ambiente/língua totalmente diferente daquilo que estamos habituados, mas sei que ao fim de algum tempo irá valer a pena e foi a escolha correcta!

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: