Life Travel

Crónica de um emigrante: Um mês depois

Dia um de Agosto, fez um mês que deixei o meu país para trás à procura de uma vida melhor, e estando a menos de um mês para regressar a Portugal para retomar os meus estudos decidi fazer um balanço da minha experiência. Valeu a pena? Claro! se foi fácil? não, não foi.

Um dos grandes obstáculos à minha integração nesta nova cultura foi, e é, sem dúvida a língua. Ora eu nunca tive alemão em toda a minha vida, já tive francês no ensino básico, mas isso foi há mais de 10 anos, portanto posso perfeitamente afirmar que não sou fluente na língua. A minha única salvação foi a língua de Shakespeare, o inglês 😛

Apesar de saber apenas 8 palavras de francês, alemão e luxemburguês, moien, hallo, bonjour, guten morgen, danke, gute nacht e claro auf wiedersehen, (mas como somos todos pessoas preguiçosas apenas dizemos tschüss), recorri sempre ao inglês na maior parte das vezes. Infelizmente nem todos falem inglês, especialmente na zona onde vivo que é mais encostada para a Alemanha, então o mais comum é falar-se alemão ou raras as vezes, o francês.

Ir ao supermercado é complicado, o que vale é só colocar o carrinho e seguir para a caixa e dizer merci, e aur avoir. Felizmente existem tugas em quase todo o lado, incluindo no supermercado onde costumo ir, então sempre que tenho dúvidas ou não encontro um produto acabo por me dirigir sempre à mesma pessoa. (Hurray for tugas)

Espero que tenham gostado deste pequeno post, se tiverem dúvidas em relação à vida no Luxemburgo entre outras questões, deixem-nos nos comentários 😉

and remember…

2 Comentários

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: