Life

How do you forgive yourself

Como é que nós seguimos em frente após termos feito algo que prejudicou outra pessoa ou a ti mesmo. Ou então a escolha que fizeste que não foi a melhor e alguém saiu prejudicado.

Facto é que todos nós cometemos erros, mas cabe a nós também aprendermos com os nossos erros de modo a evitar repeti-los novamente. No entanto para uns é mais fácil seguir em frente do que para outros.

Um dia encontrei no Tumblr (a quantidade de coisas que lá se encontra quando nos sentimo-nos em baixo é de loucos), que todas as experiências que fazemos na vida o seu objetivo é “angariar informação” (collecting data). E se tu pensares como um cientista da tua própria vida, até que acaba por fazer sentido. Isto significa que não existem “experiências negativas”, todas elas são positivas. Por exemplo, se tu esqueceste-te de uma data limite de entrega de um trabalho e por causa disso foste descontado na avaliação por teres entregado o trabalho mais tarde, ou sabias que o tempo é de inverno e esqueceste-te de te agasalhar bem, e por causa disso ficaste constipado, ou então quando namoraste com uma pessoa e afinal não resultou.

A curto prazo doí, porque soubeste que as tuas atitudes ou acções não foram as melhores. Mas a longo prazo ainda bem, pois significa que no futuro vais poder usar estes exemplos que te aconteceram e fazer escolhas melhores, evitando assim repetir os mesmos erros.

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: