Life

I’m living in a dorm room

Hoje é feriado, dia 5 de Outubro. Por isso decidi fazer um post resumindo os meus últimos dias desde que cheguei a Portugal.

Não foi fácil, e com o passar dos dias acho que a saudade aumenta, e com a saudade vem as emoções entre outras crises sendo que a ansiedade é uma delas. Quando cheguei a Portugal dia 12 de Setembro, fiquei com uns colegas de faculdade que não se importavam de me ter lá em casa até eu arranjar um local para ficar durante o ano lectivo.

As aulas começaram dia 18 e eu até a essa data ainda não tinha arranjado nada. Ou porque pediam muito dinheiro por um quarto, só porque este ficava perto das faculdades ou do metro, ou então só arrendavam a raparigas. Tentei também as residências da Universidade do Porto, e dirigi-me aos SASUP (Serviços de acção social da UP) para ver se ainda haviam vagas, e eu não sendo bolseiro cá em Portugal, colocaram me no final da lista de prioritários, por isso todas as vagas foram rapidamente ocupadas. Portanto tive um grande problema aí e estava mesmo a pensar em pegar nas minhas coisas e voltar para o Luxemburgo.

Até que alguém comentou um post que tinha feito no Facebook sobre uma empresa que arrenda dormitórios a universitários. O preço era muito bom, as condições são boas, o espaço é pequeno mas é bastante acolhedor, (idêntico aqueles “dorm rooms” que as universidades costumam arrendar aos estudantes deslocados e que se costuma ver no Pinterest e no Tumblr). Os dormitórios incluem uma cama, secretária, roupeiros, um armário e uma pequena despensa, ah e claro tem aquecimento central (portanto o inverno não será problema). Tem também os espaços comuns que são a cozinha e casa de banho sendo que estes são partilhados por todos os estudantes no meu piso.

O único problema é a sua localização. Embora não seja má pois tenho metro à porta, os dormitórios são no campus de S. João (quase colado à FEUP). Ora a minha faculdade não fica no S. João, portanto irei ter que apanhar diariamente o metro ou ou autocarro até à faculdade que demora cerca de 15 minutos, ou então caminhar até lá. Por isso a distância não é assim tão má.

Agora tenho que ir comprar os essenciais para o meu dormitório, isso incluí roupa de cama, utensílios para a cozinha, roupa, material para a faculdade, e algumas coisas para poder decorar estas paredes brancas e dar um ambiente mais “homely”. 

Aos poucos as coisas estão se a compor 🙂

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: